Padilha aciona TCU para análise de postagem da Secom sobre uso da cloroquina



O deputado Alexandre Padilha solicitou ao Tribunal de Contas da União (TCU) abertura de análise de peça publicitária veiculada na conta oficial do Twitter da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) que defendia o uso da cloroquina/hidroxicloroquina sem eficácia cientifica comprovada.

O post, que foi deletado, afirmava “O Ministério da Saúde adotou um novo protocolo para receita da cloroquina/hidroxicloroquina. O medicamento, que já é adotado em diversas partes do mundo, é considerado o mais promissor no combate à Covid-19”, acompanhado de uma imagem que classifica a droga como “o tratamento mais eficaz contra o coronavírus.”

No pedido, Padilha fundamenta que a abertura de análise no TCU deve ser realizada pois a publicação “fere os preceitos a serem observados pela comunicação de órgão público, inclusive disseminando informação falsa que representa risco à vida de milhões de brasileiros”.

Veja à integra do documento 

Comentários