Padilha participa de reunião para garantir duas unidades do Instituto Federal em Campinas



Nesta quinta-feira (19) o deputado Alexandre Padilha participou da reunião de pais, alunos e professores com a reitoria do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) para debater sobre as unidades de Campinas e solicitar a abertura completa do campus Campo Grande e manutenção da unidade no Centro de Tecnologia da Informação (CTI) Renato Archer, no bairro dos Amarais.

Inaugurado há mais de cinco anos a unidade do Amarais funciona em parceria com o CTI Renato Archer, e tornou a cidade em mais um polo de referência em educação, na oferta de ensino técnico de inovação e tecnologia, beneficiando muitas famílias e estudantes e ofertando desenvolvimento local.

Além desta unidade, também foi construído o campus Campo Grande. A obra foi finalizada e aguardava por repasses para a compra de equipamentos. Em visita a unidade, a reitoria solicitou ao deputado Padilha e o vereador da cidade Pedro Tourinho (PT) a interseção junto ao governo federal para a liberação de recursos para a conclusão e início das atividades completas. Os parlamentares garantiram o pedido e o anúncio da transferência de R$ 500 mil para a finalização da unidade foi na anunciado pela reitoria durante a reunião.

Somado a esses recursos, deputados e senadores que compõem a bancada do estado, obtiveram conquista importante para a educação do estado de São Paulo:  cerca de R$ 50 milhões em emendas parlamentares para universidades e institutos federais, incluindo o IFSP Campinas.

Padilha afirmou seu compromisso na luta para que a cidade conte com as duas unidades do IFSP e a disposição da bancada do estado de São Paulo no Congresso Nacional em garantir ajuda financeira e institucional.

“Campinas possui tamanho para contar com dois campi do IFSP. Sabemos das agressões que a educação pública vem sofrendo pelo governo Bolsonaro, que mostra descompromisso com a área. Como deputado federal estou usando toda a força do mandato na mobilização da bancada paulista para que se mantenham as duas unidades. Esforços pela manutenção dos dois campi são fundamentais para o desenvolvimento da região”.

Além do anúncio da garantia de recursos para a compra dos equipamentos e abertura completa do campus Campo Grande, a reitoria também informou a continuidade do convênio do IFSP com o CTI Renato Archer, permitindo que as atividades permaneçam na unidade dos Amarais, havia a possibilidade do fim desta parceria, e a luta para que o Ministério da Educação assine uma portaria para reconhecer oficialmente os dois campi na cidade.

Comentários