Padilha participa de debate em Franco da Rocha sobre os desafios do SUS



Na noite desta quarta-feira (4) Alexandre Padilha esteve em Franco da Rocha junto com o prefeito Kiko Celeguin, a secretária municipal da saúde da cidade Lorena Oliveira e o mestre em saúde coletiva pela Unicamp, Luís Fernando Tofani, para o debate “Desafios do SUS na Região Metropolitana de São Paulo”.

O encontro abordou os desafios que o SUS enfrentará nas regiões metropolitanas após o congelamento dos investimentos por 20 anos sancionados pelo governo de Michel Temer com aprovação do Congresso Nacional, condenando a saúde e os direitos do povo.

“O desafio da região metropolitana para a saúde, se esse governo for mantido, é acabar com o SUS. O governo e o Congresso, ao estabelecerem o congelamento de 20 anos, condena a saúde a não ser mais direito de todos e dever do estado”, afirmou Padilha.

O prefeito Kiko recordou a época onde Padilha era Ministro da Saúde no governo da presidenta Dilma, onde a cidade recebeu programas e investimentos para melhoria na área. “Sem o Padilha, a saúde de Franco da Rocha não seria nem de perto do que é. Não teríamos a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h que atende as urgências e emergências da nossa população e o atendimento qualificado dos profissionais do Programa Mais Médicos”.

A secretária de saúde Lorena Oliveira apresentou um panorama da situação da saúde na cidade e agradeceu a presença de Padilha no debate que contribui muito para o município. Luís Fernando Tofani, mestre em saúde coletiva pela Unicamp e também ex-secretário da saúde da cidade, certificou que se o SUS é estrangulado, o setor privado é privilegiado. O projeto do atual governo federal é oferecer uma saúde pobre para os pobres.